Passageiros com destino ao Japão

A partir de 1º de fevereiro de 2007, em conformidade com a Emenda Parcial da Lei de Reconhecimento de Refugiados e Controle de Imigração, as autoridades japonesas exigem os dados pessoais por escrito nos passaportes de todos os passageiros com destino ao Japão. 

A transferência de dados de passageiros às autoridades japonesas é condição compulsória para a operação de serviços de viação aérea ao Japão. 

Os passageiros que não consentirem com a transferência de seus dados não terão permissão embarcar em voo com destino ao Japão.